Maffalda mudou de casa! Redirecionando...

Se você não for redirecionado automaticamente, visite http://maffalda.net e atualize seus favoritos.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Cérebro eletrônico

Em 2005 eu fiz um regime de internet. Ou greve, se preferirem. Mandei uma mansagem para os meus amigos assim:

Oi, queridos.

"No começo era Offline, e Offline era Bom." Aí veio a serpente com um teclado e estragou tudo.
O caso é que a tentação das mais feias que enfrento é a internet. Eu não sou viciada em internet não, sou viciada em gente. Em conversar com vocês. Portanto, estou pedindo ajuda com o "detox"...
Vou desplugar do msn - desinstalar mesmo, radical, porque eu me conheço. Então, se quiserem entrar em contato comigo, usem por favor o email (esta conta) ou o celular. Podem mandar email mesmo, nem que seja uma linha só dizendo oi.
Eu agradeço penhoradamente pela sua colaboração e por não me darem broncas por eu ter sumido.

Um beijo,
H.

Três anos depois, a vida é mais complicada. Então ficamos combinados:

Celular - bom. Se for mensagem de texto, melhor ainda.
Email - fantástico, tentarei responder direitinho.
Lista - continuarei participando.
GReader - continuarei processando os 200 feeds diários, para delícia de quem me acha spammer, e para me manter em dia com as notícias garimpadas pelo pessoal do clubinho do Jubal.

Msn e gtalk - ficarei desplugada ao máximo, usando o email também para mensagens curtas.
Twitter - o mais difícil! Vou parar de ler em tempo real, mas directs virão para o meu email. Posto quando tiver vontade.
Blip - também quando eu estiver a fim.
Orkut - já faz tempo que tento não responder scraps.
Facebook - também não vou responder wall.

Pela minha experiência nos dois ou três boicotes anteriores a este, minha qualidade de vida vai melhorar muitíssimo. Depois eu volto, um pouquinho menos neurótica...

2 comentários:

Denise Arcoverde disse...

Querida, eu comecei um regime desses há tempos, meio sem perceber. Também adoro mecomunicar, afinal, o que mais fiz na vida foi organizar redes. Mas é comunicação demais, hoje em dia. Aboli o MSN de vez, há meses e uso o Skype apenas com a família e mesmo assim por telefone, nunca chat, é mais rápido e eficiente, principalmente com a minha mãe, que leva séculos tecland uma sentença :-) me sinto meio isolada, às vezes (até porque, na Coréia, fica difícil os amigos usarem celular pra falar comigo), mas estou mais produtiva.

Boa sorte!

Beijão

Viva disse...

Estou exatamente nesta encruzilhada: adoro gente, adoro meus amigos blogueiros/twitteiros e se eu me desconectar, parece que vou ficar sem eles. Como trabalho em casa (sem muito contato com gente) e no computador direto, minha situação é dramááática.
Alguém conhece Interneticômanos Anônimos?